fbpx

Certificação para Componentes Motocicletas

Você está aqui:
1. Quais os procedimentos para certificação de componentes de motocicleta?

O processo é simples para certificação, conforme descrito abaixo:

  • O interessado solicita uma proposta comercial;
  • A solicitação é analisada para verificar se o produto se enquadra no escopo da certificação;
  • Emitimos nossa proposta;
  • Início do processo de certificação com a assinatura de contrato;
  • Análise da documentação técnica;
  • Auditoria e coleta de amostras;
  • Ensaios em laboratório acreditado;
  • Análise dos resultados;
  • Caso aprovado, o certificado será emitido.
2. Qual o tempo estimado para certificação de componentes para motocicletas?

Aproximadamente 2 meses, devido aos ensaios.

3. Qual o tempo estimado para realização dos ensaios laboratoriais?

30 dias, aproximadamente.

4. É necessário ter o certificado ISO 9001 para fazer a certificação?

Não é obrigatório ter a certificação ISO 9001. Porém, a empresa deve ter um Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ), implementado com base na ISO 9001 vigente.

5. O CATA Certificadora possui pessoal qualificado para executar serviços de auditorias e coletas de amostras no exterior?

Sim, temos pessoal capacitado na América do Sul, Estados Unidos, Europa e Ásia.

6. Se não fizer a certificação, consigo fazer a importação?

Não. Para importações de componentes automotivos/motocicletas é necessário o registro de objeto e LI (Licença de Importação).

7. Quais componentes automotivos para motocicletas exigem certificação?

São quatro componentes: corrente de transmissão, coroa, pinhão e escapamento.

8. Os ensaios podem ser realizados em laboratórios no exterior?

Sim, desde que sejam obedecidas as regras definidas no RGCP – requisitos gerais de certificação de produtos – que estabelece uma ordem para escolha de laboratório.

9. É obrigatória a certificação de componentes para motocicletas?

Sim, a certificação de componentes para motocicletas é compulsória.